©2008-2019 - Portal de Catequese Catequista Bruno Velasco.  Powered by Wix.com

25º Domingo do Tempo Comum, Ano C com Crianças

Missa: O administrador infiel

Acolhida – Boa noite, queridas crianças. Boa noite a todos aqui presentes. Sejam todos muito bem vindos a esta celebração.

Queridas crianças, lá na escola quando a professora ensina uma matéria, ao final dela o que é que ela nos dá pra sabermos se estamos craques ou não, se aprendemos ou não direitinho a matéria ? Ah, é um teste não é?

Pois hoje, aqui na nossa celebração, vamos fazer um teste também. Sabem sobre o quê? Sobre a Bíblia. Eu trouxe pra vocês uma série de perguntinhas para me responderem. Vocês estão preparados? Então vamos lá:

Vamos todos iniciar nossa celebração cantando, com alegria.

Ato penitencial – O evangelho hoje é bem claro quando Jesus nos diz que o homem é sábio para juntar suas riquezas terrenas, fazer suas falcatruas, agindo com astúcia para fazer o que não presta , pena que, muitas vezes, não usa desses mesmos dons para montar sua riqueza no céu.

Agora vamos observar bem o retro, pois nele apresentaremos algumas cenas que irão nos ajudar a entender melhor quem são os senhores da nossa vida. Quando eu digo senhores é porque eu estou dizendo que são dois. Ou será somente um?

Aqui deste lado temos o Senhor Mundo, deste outro lado temos o Senhor Deus.

Será possível servir aos dois ao mesmo tempo? Vamos ver?Esse é o |Senhor Toninho. Ele é doido por futebol.

Hoje tem futebol na cidade: é Formiga contra o Vila. E, por coincidência, tem também missa no mesmo horário e seu filhinho o Tonico adora ir. Adivinhem o que foi que o Senhor Toninho escolheu?Errou... Ele escolheu o futebol. Ponto pro senhor Mundo. O que na maioria das vezes as pessoas escolhem: a diversão. Longe de Deus perto do material..

Tem também a D.Maria, gente do céu, ela adora a novela das oito, Passione, não perde nem um capítulo, só que hoje a sua vizinha a convidou para rezar um terço, justamente na hora da novela, logo hoje quando o Totó vai perdoar a Clara?! . Ela bem que ficou naquela - a quem devo escolher: o terço ou a novela?Adivinhem o que ela escolheu? Claro que foi a novela uai... Ponto pro mundo

O Sr. Juca é até um homem muito bom, mas adora uma cervejinha com os amigos e uma churrascada no domingo. Acontece que sua família queria que ele fosse levar uma cesta básica para uns pobres lá pra trás do Maringá e no mesmo horário da churrascada lá na lagoa. Adivinhem o que foi que o Senhor Juca escolheu?E ele até que pensou vou ao churrasco ou sirvo ao irmão necessitado?? Vou ou não vou??E ele acabou indo foi no... Erraram, ele escolheu o churrasco. Ponto pro Senhor mundo de novo.

Já a Soninha ganhou do marido a mesada do mês. Quando foi fazer a conta viu que só havia sobrado o dinheiro do dízimo, mas logo naquele mês que lançaram o alisamento de formol sem queda de cabelo, resultado 100% garantido ou seu cabelo de volta? . Então ela pensava... ou eu pago o dízimo, ou eu arrumo o cabelo pra ele ficar lisinho, lisinho??? Ou isso ou aquilo? Ou o dinheiro irá servir pra ajudar a igreja, ou pra eu ficar bonita. Adivinhem então o que ela escolheu? O cabelo ... Tem base?

Ih, gente a coisa não está nada bem pro lado do Senhor Deus, parece que Ele está perdendo pro Senhor Mundo...

E nós.. Que escolhas estamos fazendo? Será que estamos servindo aos dois senhores, agradando uma hora ao um e outra hora a outro? Ou será que estamos agradando somente ao Senhor Mundo, esquecendo, de fato, a quem devemos servir de toda alma e de todo coração?

O mais engraçado, crianças, é que somos persuasivos quando queremos os bens materiais e somos evasivos quanto aos bens espirituais..

Então, pelas muitas vezes em que fazemos as escolhas erradas, servindo ao mundo e não a Deus, nós queremos pedir a Ele perdão cantando.

Leitura Ainda estamos no mês de homenagens à bíblia, palavra santa de Deus que nos ensina o caminho certo para um dia alcançarmos definitivamente os braços do pai.

Vamos recebê-la, com muita alegria, cantando.

Aclamação – Hoje Jesus nos ensina uma coisa muito importante, nos falando que nada é nosso nesse mundo... que somos apenas administradores e, por isso, devemos mostrar a Deus que pode nos confiar todos os seus bens, porque estaremos atentos a devolver a Ele nossa fidelidade e nosso amor em grandes parcelas. Vamos então, todos de pé, cantar com muita alegria pra saudar as palavras do Senhor.

Preces – Oração da Bíblia

Ofertório – Vocês viram, crianças, que Deus nos pede para sermos fieis nas pequenas coisas, pois se assim o formos seremos também fieis nas grandes coisas ?! Agora imaginem que grandes coisas Deus têm pra nós?

Mas antes de pensarmos nas grandes coisas que Deus nos dará, pois isso não é novidade porque Ele nos presenteia todos os dias, o que poderíamos dar ao nosso Deus para que Ele sentisse, em cada de nós, segurança de que o amamos de verdade?

Já sei: podemos oferecer a Ele nossa fidelidade, sermos fiéis a sua obra de amor.

Oferecer nossa cumplicidade em todos os momentos de nossa vida, demonstrando que assim como o administrador infiel soube angariar sua riqueza material que também podemos angariar a riqueza espiritual junto ao amor de Deus, sendo a Ele fiel.

Oferecer nossa honestidade, pois honestos estaremos mostrando ao nosso Deus o quanto sabemos escolher quem é o nosso Pastor.

Oferecer ao nosso Deus solidariedade ao levar nossos irmãos a compreender e amar o verdadeiro Senhor de nossas vidas.

Oferecemos o zelo pela casa de Deus, pelo amor que Ele deposita em nós, queremos oferecer nossa intenção de administrar bem o que Ele nos dá para que assim possamos juntar fortunas sendo herdadas no céu.

E, por fim, junto ao pão e ao vinho, oferecer nosso amor, nossa dedicação, nosso desejo de servi-lo sempre... Sempre mais, sabendo ser fieis nas pequenas e nas grandes coisas. Vamos todos cantar pra mais bonito nosso ofertório ficar.

Comunhão - Com alegria e fidelidade, vamos entregar nosso coração ao nosso Deus dizendo pra Ele que Ele é o senhor da nossa vida e, por isso, comungamos nossa alegria neste momento tão festivo, cantando:

Ação de graças – “Essa e a história do ferreiro que, depois de uma juventude cheia de excessos, decidiu entregar sua alma para DEUS”. Durante muitos anos trabalhou com afinco, praticou a caridade, mas, apesar de toda a sua dedicação, nada parecia dar certo em sua vida. Muito pelo contrário: seus problemas e dívidas acumulavam-se cada vez mais. Uma bela tarde um amigo que o visitava e que se compadecia de sua situação difícil, comentou:

- É realmente muito estranho que, justamente depois que você resolveu se tornar um homem temente a Deus, sua vida começou a piorar. Eu não desejo enfraquecer sua fé, mas, apesar de toda sua crença no mundo espiritual, nada tem melhorado.

O Ferreiro não respondeu imediatamente. Ele já havia pensado nisso muitas vezes, sem entender o que acontecia em sua vida. Entretanto, como não queria deixar o amigo sem resposta, começou a falar e terminou encontrando a explicação que procurava. Eis que disse o ferreiro:

- Eu recebo nesta oficina o aço ainda não trabalhado e preciso transformá-lo em espadas. Você sabe como isso é feito? Primeiro, eu aqueço a chapa de aço num calor infernal, até que ela fique vermelha. Em seguida sem qualquer piedade, eu pego o martelo mais pesado, e aplico vários golpes, até que a peça adquira a forma desejada. Logo, ela é mergulhada num balde de água frio e a oficina inteira se enche com o vapor, enquanto a peça estala por causa da súbita mudança de temperatura.

Tenho que repetir este processo até conseguir a espada perfeita, uma vez apenas não é suficiente. O Ferreiro deu uma longa pausa, e continuou:

- Às vezes, o aço que chega às minhas mãos não consegue agüentar este tratamento. O calor, as marteladas e a água fria termina por enchê-lo de rachaduras.

E eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada. Então eu simplesmente o coloco no monte de ferro velho que você viu na entrada da minha ferraria. Mais uma pausa e o ferreiro conclui:

- Sei que Deus me coloca no fogo das aflições. Tenho aceitado as marteladas que a vida me dá e, às vezes, sinto-me tão frio e insensível como à água que faz sofrer o aço. Mas a única coisa que peço é: “Meu Deus, não desista até que eu consiga tomar a forma que o Senhor espera de mim”. Tente da maneira que achar melhor, pelo tempo que quiser, mas jamais me coloque no monte de ferro velho das almas.

E assim crianças podemos deduzir o que Deus espera de nós e que sejamos criativos, sábios para servimos a seu reino, Deus nos quer inventando moda. fazendo festa , nos doando em ações e transformando corações para alcançarmos nosso lugar junto a Ele , Deus nos quer testados a ferro e fogo para ver se realmente merecemos o céu.



Solange do Nascimento e Gisella Parreira Batista



43 visualizações