©2008-2019 - Portal de Catequese Catequista Bruno Velasco.  Powered by Wix.com

17º Domingo do Tempo Comum, Ano C com Crianças

ORAÇÃO: COMUNHÃO COM DEUS

ACOLHIDA


Com: Bom dia! Hoje participaremos com alegria de mais uma santa missa.


Talita: (pode ser cantado) Iuhu! É tão bom a gente se encontrar aqui nesse lugar, onde dois ou mais estão unidos o Senhor está também.


Samuel: Ai é mesmo muito bom. Bom dia amiguinhos. (canta o restante da música) De repente brota lá do fundo algo que o mundo não tem.


Todos: A alegria de poder dizer que maravilha é ser um filho de Deus.


Com: É isso aí amiguinho, é uma maravilha ser filho de Deus. Nosso Deus é Pai, é amor.


Talita: É misericórdia, é compaixão.


Samuel: É um Deus que fala conosco em nossas orações.


Com: É verdade, ele fala mesmo conosco do mesmo jeito que falou com os homens há muitos anos atrás.


Talita: Hoje na missa eu quero falar com ele e pedir que Ele faça o milagre de mudar minha família, restaurando minha casa.


Samuel:Eu quero o milagre da cura, é que meu papai tá doente.


Com: Eu também quero conversar com ele. Então vamos começar? Vamos ficar de pé e receber o padre.... com alegria, os ministros, os coroinhas.


ATO PENITENCIAL


Com: Talita, Samuel, vocês disseram que queriam que na missa de hoje muitos milagres na vida de vocês.


Talita: Foi sim.


Samuel: Eu também pedi.


Com: Pois é, os milagres começam a partir de nós. Quando nós guardamos o pecado em nosso coração a gente impede a graça de Deus de nos alcancar. É como se a gente estivesse dentro de uma caixa, ou envolvido numa capa. O amor de Deus, as bençãos, as graças e os milagres não veem até nós.(pode-se entrar dentro de uma caixa preta, deixando apenas um furo para os olhos).


Talita: Credo tia.....eu quero logo é me confessar e tirar meu coração de dentro dessa caixa.


Samuel: ai Senhor Jesus, me perdoa pelas mentiras, pelo mau humor, pelas briguinhas com minha mãe....


Com: Calma Samuel, vamos pedir todos juntos perdão a Deus? (conduzir uma oração de perdão ou entrar com uma música própria para o momento).


HOMILIA


SUGERIDA POR LUZIANE COMUNIDADE SÃO PAULO APOSTOLO


Material Necessário

2 cadeados pequenos e chaves

3 chaves velhas de tipos diferentes

1 porta-jóias (pode ser substituído por caixinha de papelão revestida com papel amarelo)

7 a 8 tipos de jóias (podem ser anéis, pedra preciosas, colar de pérolas etc.)


Modo de Preparar

Coloque as jóias na caixa. (Caso utilize a caixa de papelão, tente fechá-la colocando uma alça na tampa e na caixa para fechar com o cadeado. Caso utilize um porta-jóias com chave, será necessário apenas um cadeado.) Coloque etiquetas em cada chave, com as seguintes ins-crições: DINHEIRO, FAMA, POBREZA. Coloque etiquetas também em cada jóia. As etiquetas das jóias devem conter as seguintes inscrições: “Ajuda na angústia”, “Perdão”, “Saúde”, “Força”.


NOTA:

A chave que abre a caixa ou o cadeado que tranca a caixa deve conter uma etiqueta com a palavra ORAÇÃO.


Mensagem


Mostre um cadeado e sua forma de fechadura. Enquanto você abre e fecha esse cadeado com a própria chave dele, explique que existem muitas outras fechaduras que necessitam das suas chaves próprias para que possam ser abertas, como por exemplo: A porta da nossa casa, a fechadura do carro, a fechadura da mala, da loja, do portão etc.


Há, porém, um tipo de fechadura bem diferente dessas que aqui se encontram. Essa fechadura necessita de uma chave diferente também. É a fechadura do maravilhoso tesouro de Deus (coloque o porta-jóias sobre a mesa e não mostre a chave).


Bem, se este porta-jóias fosse o tesouro de Deus e você necessitasse de uma ou mais bênçãos, como ajuda na angústia, perdão ou força, como você poderia ter acesso a essas coisas?


Será necessário uma chave especial, uma chave própria para abrir esse tipo de fechadura (mostre que a caixa está fechada).


Vamos tentar agora descobrir qual é a chave especial que necessitamos para abrir o maravilhoso tesouro de Deus.


Primeira chave – DINHEIRO

O dinheiro pode comprar as bênçãos de Deus? (Tente a chave na fechadura.) O dinheiro nunca pode comprar o perdão ou a ajuda de Deus em tempo de angústia ou necessidade.


Segunda chave – FAMA

Algumas vezes você vê o filho de uma pessoa famosa e imagina que a chave da fama irá abrir a caixa do tesouro. Talvez seja o filho do prefeito ou do presidente, porém, ter pais famosos não irá abrir o cadeado.


Terceira chave – POBREZA

A pobreza irá abrir o tesouro? Não. O fato de ser pobre não implica em que o cadeado abra a caixa do tesouro.


Há apenas uma chave que pode abri-la. É a chave da oração (segure a chave correta, rotulada com a palavra ORAÇÃO).


Comente, em poucas palavras, como Elias usou a chave da oração para provar que Deus é o único Deus verdadeiro (I Reis 18:17-36) e como a Igreja orou pela libertação de Pedro (Atos 12:5-12).


(Abra a caixa e mostre algumas jóias que ela contém e leia as etiquetas coladas nessas jóias.) Jesus disse: “Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei” (João 14:14).

Primeiramente, peça para as meninas lerem o verso, depois para os meninos.


REFLEXÃO


A oração é a forma que temos para nos comunicarmos com Deus. Essa comunicação é tão importante como uma chave é para a sua fechadura. Através da oração, podemos abrir diferentes caminhos para a nossa vida, pois estaremos entregando nas mãos de Deus as nossas maiores necessidades. Devemos, portanto, falar com o nosso Deus diariamente e entregar a Ele a nossa vida. Então Ele abrirá a caixa de tesouros do Seu infinito amor para colocá-los à nossa disposição.


Vocês gostariam de falar com Deus diariamente? Orem sempre. A Bíblia nos aconselha: “Orai sem cessar” (I Tessalonissenses 5:17). Isso não quer dizer que devamos estar ajoelhados o tempo todo, mas sim, que devemos estar em comunhão constante com Jesus, recorrendo a Ele sempre que precisarmos, não importa o local, tendo a certeza da Sua companhia ao nosso lado, constantemente, para nos animar e ajudar. Esse é um privilégio que tem todo fiel seguidor do Senhor Jesus, pois Ele está sempre pronto a ouvir aqueles que O buscam.


Missa elaborada por: Solange do Nascimento e Gisella Parreira Batista

12 visualizações